Luisa Sal - Cristal de Cura

Glossário de Pedras

Malaquita

Resumo:

Pedra da cura por excelência.
Trabalha os medos profundos.
Absorve facilmente energias negativas.
Nunca limpar uma malaquita com sal. Ela não gosta.

Detalhe:

Esta pedra pode ser considerada como a Curadora Universal, é um cristal curativo para todos os fins.

Pedra muita antiga e utilizada há milhares de anos como pedra de cura. No Egipto, os faraós usavam-nas nos seus ornamentos e acreditavam que lhes trazia sabedoria.

A Malaquita simboliza o verde curativo do reino vegetal.
É opaca, absorvendo a energia. Disposta numa área dorida ela extrai a energia negativa, eliminando a dor. Pelas suas propriedades de absorção, deve ser muito bem limpa após cada utilização.
Pode ser colocada em qualquer chacra. No plexo solar serve para desobstruir emoções retidas, permitindo um melhor fluxo de energia com os chacras inferiores e superiores e facilitando a cura emocional profunda.

Absorve as radiações emitidas pelos computadores, aparelhos de televisão e microondas.

A malaquita existe associada à azurita e á crisocola. São excelentes parceiros.

No plano físico, trata a asma, artrite, fracturas. Desenvolve sistema imunitário. Estimula o fígado para libertar toxinas. Facilita os partos.

Nota: Nunca utilizar sal para limpeza energética da Malaquita. Ela não gosta e reage mal.

<< voltar
|
|
Desenvolvido por:
design binário